• 10% na 1º compra com o cupom 4UDEZ

  • PArcele em até 3x sem juros

O seu carrinho está vazio

Continuar Comprando

"Life is too short for bad wines." Susie Barrie, Master of Wine

4U. wine - vinhos diferentes para surpreender você

Dirceu Vianna Jr., o único Master of Wine brasileiro e especialistas convidados como a Master of Wine inglesa Susie Barrie, degustam às cegas e selecionam somente o que merece chegar à sua taça. Não representamos marcas nem produtores para ter a liberdade de selecionar somente safras e rótulos que sejam interessantes, não só pelo seu sabor mas pela sua história e que surpreendam na relação qualidade/preço. São vinhos europeus cujas safras selecionadas são de exclusividade 4U.wine.

Filoxera

Na metade do século XIX, uma praga originária nos Estados Unidos atacou as raízes das videiras na Inglaterra. Logo se propagou para a França, Espanha, Itália e outros países, arrasando plantações. Antes do início do século XX, a maior parte dos vinhedos do mundo tinha sido atacada pela praga. Esta praga (filoxera), é um inseto minúsculo, com origem na costa oeste dos Estados Unidos que encontra na Vitis vinifera o que precisa para a sua sobrevivência. Ela se alimenta picando a planta (a camada da raiz) e, como nas videiras europeias essa camada é pouco ativa, ela não cicatriza em seguida, dando tempo para que micróbios do solo penetrem e provoquem a decomposição da planta. Na espécie americana, ao contrário, a camada sub-epidérmica é bastante ativa e rapidamente cicatriza, mantendo as raízes imunes à degeneração.

Constatou-se que o inseto não atacava as partes aéreas da Vitis vinifera e, como as raízes das videiras americanas eram resistentes a ele, desenvolveu-se a técnica da enxertia: em uma videira americana, corte-se o seu caule e, no corte, enxerta-se uma vera de videira europeia. Com esta técnica, conseguiu-se uma videira com raiz resistente à filoxera e um fruto com as característica da espécie europeia. O porta-enxerto americano é um simples condutor de seiva: a parte superior, derivada da variedade europeia, determina a qualidade da uva e, portanto, do vinho.