O seu carrinho está vazio

Continuar Comprando

Vinhos europeus de safras exclusivas | Parcele em até 3x s/ juros | Frete Grátis para Sul Sudeste e DF (VER CONDIÇÕES)

4U. wine | Curadoria ao pé da letra.

Vinhos Europeus, com safras exclusivas selecionados por um comitê de especialistas liderados pelo único Master of Wine brasileiro. Frete Grátis Para as regiões Sul e Sudeste e Distrito Federal para pedidos acima de 500,00. Parcele em até 3x sem juros ou em até 12x com juros.

Câmbio Blanc de Noir

Portugal - Tejo

Identidade, Exuberância e Amplitude

Garrafa 750ml

  • Branco

    12.5%

  • Tempranillo

  • Bordeaux

    10°C

Quatro uvas clássicas compõem este belo vinho, duas portuguesas (Arinto e Verdelho) e duas estrangeiras (Sauvignon Blanc e Chardonnay). "Estilo refrescante e perfeito para ser apreciado em dias quentes, especialmente na beira da piscina ou praia. Perigosamente fácil de beber!” Dirceu Vianna Jr., Master of Wine

Calcular frete

  • Branco

    12.5%

  • Tempranillo

  • Bordeaux

    10°C

Quatro uvas clássicas compõem este belo vinho, duas portuguesas (Arinto e Verdelho) e duas estrangeiras (Sauvignon Blanc e Chardonnay). "Estilo refrescante e perfeito para ser apreciado em dias quentes, especialmente na beira da piscina ou praia. Perigosamente fácil de beber!” Dirceu Vianna Jr., Master of Wine

Um vinho 100% Tempranillo, um monocasta de uvas tintas vinificadas como vinho branco que dá origem a um estilo raro e exótico. Dirceu Vianna Jr. descreve os aromas como vibrantes! Maria Emília Atallah considera-o intrigante a ponto de o denominar um “lobo em pele de cordeiro”. Nuno Cancela de Abreu mostra a sua surpresa por aromas tão ricos, Maria Emília assevera que são diferentes dos brancos usuais e detalha: “Frutos amarelos maduros, como pêssegos e damascos, bem mineral no nariz.” Dirceu acrescenta: “Notas de frutos tropicais, melões frescos, maçãs, peras, lichias e flores silvestres.” Nuno e Manuel Vieira ainda sugerem fruta branca, floral e ligeiro vegetal seco. “No paladar o vinho é seco, com textura cremosa e refinada. O final de boca é refrescante, prazeroso e persistente.” assegura Dirceu enquanto Manuel confirma: “Tem um ataque estimulante, corpo médio e boca finamente floral a lembrar rosas selvagens com um final longo e algo seco que faz salivar!” Nuno termina: “Alguma doçura, frescor no ponto, final muito agradável!” Dirceu resume em três palavras: “Estamos perante um vinho vibrante, exótico e exuberante!”

Este vinho é de excelente qualidade podendo ser apreciado sozinho ou acompanhando pratos leves, vegetarianos, sushi, massas, risotos, saladas, carnes leves grelhadas pouco condimentadas. Para Maria Emilia Atallah, este branco com alma tinta pede acompanhamentos gastronômicos! Podemos ser criativos e até partir para pratos supostamente estruturados demais para brancos “comuns”. Carnes cruas, friturinhas à base de carnes e pratos com encontro “terra e mar” no geral são boas pedidas. Algumas ideias: steak tartar, carpaccio de magret de pato, um clássico bolinho de carne seca com mandioca, vieiras grelhadas com presunto cru. “Definitivamente um branco para se ousar e impressionar na cozinha!”

Vinícola Pitada Verde

Enólogo João Pedro Batista

País Portugal

Região/Sub-região Tejo/Cartaxo

Fatos interessantes Esta é a segunda safra desse que é um vinho branco produzido exclusivamente com uvas tintas da casta Tempranillo nome que o produtor escolhe para a casta que é também chamada de Aragonês e Tinta roriz. Praticamente incolor, este vinho alia a grandeza de um vinho tinto à elegância de um vinho branco.

Notas do enólogo É um vinho exuberante aromaticamente onde se denota lichia e pera. Na prova é longo, sério e com acidez certa. Vinho amplo gastronomicamente, podendo acompanhar sushi, massas, risotos, carnes grelhadas pouco condimentadas ou mesmo um carneiro assado no forno a baixa temperatura. Se este vinho pudesse ser resumido em 3 palavras: identidade, exuberância e amplitude.

Casta 100% Tempranillo
 

Contribuição da casta para a personalidade do vinho A Tempranillo é uma uva utilizada normalmente para a produção de vinhos tintos, mas por ser uma casta não tintureira (de polpa branca), o mosto é separado da película e obtendo-se o vinho branco.

Idade média das videiras 30 anos

Tipo de viticultura Proteção integrada, onde são utilizadas a fauna e flora adjacente para minorizar a aplicação de químicos. Análises do solo são realizadas para comprovar a não existência de substâncias químicas não autorizadas.

Área da propriedade 23 hectares

Área de vinhedos 23 hectares

Área do vinhedo específico 4 hectares (single vineyard)

Rendimento 1.500litros/hectare

Condições climáticas e seus feitos sobre a safra Ano muito quente e seco, de maturação difícil no início no entanto, a paciência da espera traduziu-se em equilíbrio com o amainar das temperaturas.

Data da colheita 08/09/2018

Tipo de colheita Mecânica

Horário da colheita Noturno

Fatores condicionantes Mobilização do solo ao invés do uso de herbicidas, para o controle de pragas (fertilização 100% orgânica - uso de estrumes animais), desfolha das videiras a partir do pintor para penetração do ar e luz no interior da planta.

Fatos vitícolas interessantes A propriedade tem solo aluvião e a proximidade com o rio Tejo diminui as amplitudes térmicas.

Métodos de vinificação Apenas o mosto originado na vindima mecânica e no transporte das uvas é utilizado para a produção deste vinho. Este é sangrado do reboque até a chegada da adega (sendo aplicado gelo seco para evitar oxidações), clarificado estaticamente e fermentado por 20 dias a baixa temperatura - “unoaked”.

Fermentação malolática Não

Amadurecimento Em tanques de aço inoxidável por 7 meses, estágio em garrafa por 5 meses (engarrafado em 03/2019).

Volume 750ml

Potencial de guarda 2 anos

Câmbio Blanc de Noir

R$ 0,00